Como Cuidar De Orquídeas em Apartamento

Como Cuidar De Orquídeas

Quem me acompanha por aqui há um tempo sabe da minha inclinação por orquideas desde constantemente. E já deram flores algumas vezes, naquelas instruções que vem junto qdo compramos a orquidea vem falando para no inverno molhar 1 x por semana e no verão 2 x, tenho conformado isso e asemelhava a que tem dado resultado, e não troquei os vasos que são de plástico, porém prometo fazer isso mas rápido possivel, obrigada, prossiga nos auxiliando a cuidar melhor das nossas plantinhas.

Destas, a cimbidio e sapatinho são terrestres, são vegetais que residem na terra, suas raízes são utilizadas para aspiração de nutrientes e, desta maneira, seu meio de desenvolvimento tem que possuir terra ou outro formado orgânico misturado a pedriscos, casca de pinus, coxim, etc.

A maioria das espécies é de regiões tropicais úmidas e são epífitas, habitam penduradas em árvores e utilizam suas raízes para fixação, mas não são plantas parasitas, se alimentam somente dos nutrientes que se concentram em suas raízes quando chove com a ajuda de um fungo chamado micorriza que decompõe a material orgânica em sais minerais que as orquídeas absorvem.

Adubo e Substrato Tem uma relação bastante delicada entre os tipos e quantidades de adubo e substrato a se utilizar em cada tipo de orquídea, isso ocorre, pois existem vários fatores que implicam na escolha correta desses elementos uma escolha errada é possível que gerar complicações com a saúde de sua planta.

Neste espaço, Sergio, que é graduado em Biologia pela Unicamp e pós-graduado em Bioquímica pela USP, gentilmente divide conosco um poucochinho do seu vasto conhecimento sobre as mas como cuidar de orquideas diversas plantas e flores, incluindo, é naturalmente, as orquídeas.

Há ainda complicadores quando espécies próximas cruzam-se habitualmente, produzindo grupos de vegetalidade levemente diferentes e inclusive novas espécies bastante próximas a uma das espécies originais, ou casos em que as espécies originais acabam por mesclarem-se integralmente aos descendentes produzindo grupos de vegetação muito variáveis.

A principal diferença entre os três tipos de vaso é que os vasos de barro possuem a característica de absorver melhor a água e arejam mas as plantinhas, já os de plástico ou de vidro são hermeticamente mas fechados, com isso zelo com adubo e agua devem ser redobrados.

Quanto às regas não é preciso regar diariamente sua orquídea, as orquídeas tropicais absorvem a agua através da umidade presente no próprio ar, cultivando em casa é possível regar uma vez por semana, tomando cuidado com finalidade de substrato não fique encharcado demais, somente úmido.

As orquídeas raras também podem ser espécies híbridas, cruzamentos inéditos entre espécies também podem ser consideradas como orquídeas raras, pois são revolução no mercado floricultor e que de ano em ano com as feiras de orquídeas essas espécies raras provenientes de cruzamentos vão mudando.

cultivo de orquídeas exige atenção e conhecimento das necessidades e exigências de qualquer vegetal. Colocar a sua orquídea em um lugar muito esclarecido não ora expor que você deve colocá-la na claridade direta do sol. Este processo libera gases com odores bastante desagradáveis, que pode causar um desconforto importante se a orquídea estiver dentro de moradia.